Psicologia e Psicoterapias
VOLTAR
/
MARCAÇÃO DE CONSULTAS
» Introdução (ler mais) (fechar)

As Intervenções Psicológicas Especializadas têm por objectivo melhorar o funcionamento mental do indivíduo bem como actuar ao nível do sistema familiar e relacional. Procuram proporcionar um espaço para se falar e ser-se escutado, actuando no quadro de uma relação interpessoal com fundamento nas teorias científicas acerca da personalidade e do adoecer psíquico. Intervêm a nível preventivo e terapêutico e podem ser realizadas individualmente ou em grupo.

Os diferentes problemas do foro psicológico que podem ser passíveis de intervenções terapêuticas podem surgir em diferentes faixas etárias do ciclo vital. No Aprender efectuamos Avaliações Psicológicas e disponibilizamos Apoio Psicológico especializado a Crianças, Adolescentes e Adultos.

» Consulta Psicológica / Psicoterapia de Apoio (ler mais) (fechar)

A Consulta Psicológica é um processo interpessoal, caracterizado por uma relação única entre psicólogo(a) e paciente, que permite conduzir este último a mudanças em diferentes áreas:

  • Comportamento
  • Constructos pessoais
  • Capacidade para ser bem sucedido em situações da vida
  • Conhecimento e habilidade para tomadas de decisão

          (Patterson e Eisenberg, 1988)

A Consulta Psicológica pode ainda reportar para outros contextos, tais como a Psicoterapia de Apoio, cujos objectivos são:

  • Restabelecer o equilíbrio psicológico do paciente
  • Reforçar as defesas
  • Melhorar a adaptação ao meio
  • Melhorar a sintomatologia.

         (Lemperière e Féline, 1977)

» Psicoterapia Individual de Inspiração Psicanalítica (ler mais) (fechar)

Consiste numa forma de Psicoterapia que se apoia nos princípios teóricos e técnicos da Psicanálise, sem no entanto realizar as condições de um tratamento psicanalítico clássico. Trata-se de um método de tratamento individual, em face a face, através da palavra e dirigido à realidade psíquica do indivíduo. Procura diminuir o seu sofrimento psicológico ajudando-o a reflectir sobre a importância dos acontecimentos do seu passado na sintomatologia actual e assim aceder a um maior conhecimento de si próprio e conseguir operar mudanças internas que lhe permitam desenvolver capacidades de diferenciação, separação e individuação/ autonomia.

Estes objectivos são atingidos através de uma relação de confiança entre o psicoterapeuta e o paciente com vista a provocar mudanças psíquicas, diminuir a sintomatologia e sobretudo o sofrimento psicológico que a acompanha.

Este tipo de intervenção psicológica pode ser efectuada com crianças, adolescentes e adultos sendo que com crianças a relação e a comunicação desenvolve-se sobretudo através do desenho, da brincadeira e do faz-de-conta. Obedece a critérios rigorosos ao nível da periodicidade e horário das sessões.

» Neuropsicologia e Psicogerontologia (ler mais) (fechar)

Avaliação Neuropsicológica

Estuda a relação entre o cérebro e o comportamento, com o intuito de identificar a existência ou não de um comprometimento do funcionamento neurológico. Consiste na avaliação das funções mentais relacionadas ao neurodesenvolvimento, tais como, a aprendizagem, a atenção, a memória, a linguagem, a concentração, a organização percetiva, a consciência... .

» Psicoterapia de Grupo com Crianças na Terceira Infância (6 aos 10/11 anos de idade) (ler mais) (fechar)

Forma de psicoterapia psicanalitica que ocorre em contexto de grupo e que visa uma intervenção psicológica dirigida ao grupo e não à criança individualmente. Trata-se de grupos abertos (pela mobilidade de entrada e saída de crianças), unissexuais (consolidação da identidade de género tão importante neste grupo etário), onde são utilizados (para alem da palavra que ajuda à compreensão e significação do que é sentido e pensado), diferentes materiais que facilitam a comunicação e a relação: o jogo no caso das crianças mais novas (6 aos 8/9 anos de idade e a pintura nos grupos de crianças mais velhas (9 aos 10/11 anos de idade). Os grupos são acompanhados por dois psicoterapeutas.

As indicações para este tipo de psicoterapia são perturbações da esfera psicoafectiva e relacional, tais como:

  • Bloqueios e inibições psicológicos;
  • Terrores nocturnos;
  • Fobias;
  • Medos;
  • Perturbações do Sono;
  • Tiques;
  • Enurese.

O tratamento pressupõe a participação dos pais em grupos onde possam ter a possibilidade de partilhar experiências em grupo e de reflectirem sobre a sua relação com os filhos, permitindo a tomada de consciência dos processos psicológicos presentes na relação pais/ filhos. A partilha e a inter-ajuda possibilitam e potencializam mudanças de atitudes. O grupo de pais é acompanhado por uma terapeuta especializada na área da família.

» Psicodrama de Grupo com Adolescentes (a partir dos 10/11 anos de idade)
» Programas de Intervenção nas Perturbações do Espectro do Autismo
» Orientação Vocacional e Profissional (ler mais) (fechar)

A Orientação Vocacional e Profissional, tem como objectivo facilitar e, por vezes, ajudar a identificar, nos jovens (adolescentes) e adultos, escolhas académicas e profissionais de acordo com os interesses e aptidões individuais.

São três os principais aspectos a definir:

  1. Interesses que permitem identificar as áreas de maior motivação;
  2. Aptidões em que se descobrem as capacidades para a realização das tarefas inerentes a cada área;
  3. Perfil de raciocínio que identifica o nível cognitivo do sujeito.

Os instrumentos utilizados são a Entrevista Individual, a passagem de provas que fornecem informação acerca da área e interesses preferidos e os testes que avaliam a capacidade intelectual. No final procede-se à elaboração de um relatório onde constam os resultados relativos a cada área.

» Avaliação para Antecipação da Entrada no Ensino Básico